domingo, 19 de junho de 2016

pensamento do ônibus

Sinto como se tivesse dado a ele meu casaco mais quente, e nesse frio o que tenho são apenas dedos gelados e a expectativa de que ele responda as minhas mensagens até a meia noite, (agora já passadas, gostaria que ele nunca tivesse as respondido), de toda forma não posso me esquecer de que existem outras maneiras de me agasalhar, que nem sempre estarei esperando o ônibus gelado sair para chegar em casa, e que assim que sair o importante é me manter aquecida e evitar colocar-me em situações onde não me sinta bem. 

Sem comentários:

Enviar um comentário