sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Bonanza

Hoje o mar acordou tão calmo
de todas as coisas que você disse e não cumpriu

E hoje o mar tão calmo acordou
mesmo com todos os sonhos embrenhados na âncora

Hoje o mar acordou tão sereno
e as lembranças do seu mal fazer estão guardadas nas beiras das praias, com as algas mortas
e as lembranças do seu bem fazer são grãos de areia nas almofadas das ostras (escondidas)

Hoje o mar descansa exaurido
pois o mar já amou demais

Sem comentários:

Enviar um comentário